1633

Eunápolis

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Prefeitura Municipal de
Eunápolis

Prefeita Cordélia Torres entrega kits com colete de identificação para vigilantes em Eunápolis

Fonte: Ascom - Prefeitura de Eunápolis
14/04/2023 às 16h34

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Atendendo a uma reivindicação antiga dos profissionais da vigilância patrimonial e valorizando o importante trabalho executado pela categoria, a prefeita de Eunápolis, Cordélia Torres, entregou na manhã desta sexta-feira (14) kits com coletes de identificação para os vigilantes. A iniciativa é uma das ações do Município no que tange ao fortalecimento da segurança nas repartições públicas, inclusive nas unidades escolares.

Os kits – que contém coletes, lanternas, garrafas de água e outros acessórios – foram destinados a 375 vigilantes que atuam no município. “São promessas de vários governos e que até hoje nunca haviam sido cumpridas, e agora neste governo, a prefeita Cordélia, de maneira exclusiva, enxergou a relevância do trabalho dos vigilantes, que é de fundamental importância nas escolas, pois sem vigilância, a escola não funciona 100%. Agradecemos muito a gestão por esse reconhecimento”, frisou Eliomar Gonçalves, que trabalha como vigilante desde 2004, e atualmente trabalha na Escola Municipal Giuseppe Iacoviello, no bairro Alecrim II.

O secretário de Gestão, Ronaldo Carvalho, falou sobre a importância da iniciativa inédita, principalmente diante dos últimos acontecimentos envolvendo violência nas escolas em diversas cidades do país. “Nunca houve entrega de coletes para os vigilantes, é a primeira vez na história do município. Estamos buscando criar mecanismos para melhorar a segurança juntamente com as escolas e as famílias. Pedimos para a população não divulgar fake news, pois estamos empenhados em traçar melhorias junto à categoria e continuar com a parceria com vigilantes”, salientou.

A prefeita Cordélia Torres agradeceu o empenho dos vigilantes no exercício das suas funções. “Gostaria de agradecer a dedicação, pois o mundo que estamos vivendo precisamos estar vigilantes, além da fake news, é a falta de amor. Estou feliz em dizer que nunca houve uma entrega como essa, e desde 2000 os vigilantes esperavam por essa promessa. São 353 homens e 22 mulheres, que são vigilantes, então é uma forma de humanizar e cuidar de vocês, a gente busca fazer tudo que pode”, destacou.